Viver em Loulé há 2000 anos

Arquivo historico Loulé

Sábado, 26 de outubro 2013, pelas 15h00, no Arquivo Municipal de Loulé, a apresentação da Conferência “Da Terra e do Mar: Viver em Loulé há 2000 anos”, proferida por João Pedro Bernardes.

«Com um litoral muito mais articulado do que hoje, onde se destacavam extensos estuários que concentravam boa parte da população e da atividade económica do território, o atual concelho de Loulé apresentava durante o período romano um conjunto de atividades diversificadas centradas na exploração de recursos marinhos e terrestres. Em torno do estuário da ribeira de S. Lourenço distribuíam-se vários núcleos de povoamento dedicados à produção oleira, mas também à mariscagem, pesca e transformação de preparados piscícolas. A exploração e transformação de preparados dos recursos marinhos era, aliás, uma das bases económicas do restante litoral, com um enfoque especial também nos outros dois grandes estuários: o da ribeira de Carcavai e o da ribeira de Quarteira. Se naquele, na atual praia de Loulé-Velho, ficava uma das maiores explorações agrícolas do concelho, complementada por uma ampla atividade pesqueira e industrial em torno da produção e exportação de preparados de peixe, já no estuário da ribeira onde hoje pontua Vilamoura localizava-se a maior povoação portuária do território louletano, muito centrada no comércio marítimo mas também na atividade industrial. Entrando terra dentro ao longo das linhas de água que alimentavam aqueles três estuários, que constituíam as unidades geomorfológicas mais marcantes da paisagem louletana antiga, surgiam depois um conjunto de núcleos de população dispersa e uma ou outra grande exploração agrícola onde a produção agropecuária, dos frutos secos, como o figo e a azeitona, mas também a produção de mel da cortiça e a caça, marcavam a vida local. Loulé, a meio caminho entre a terra e o mar, não era, então, povoação de destaque, já que o grosso da população se distribuía pelo litoral ao longo daqueles estuários.

Do modo de vida das populações que viveram no território do atual concelho de Loulé na época romana, quais as suas atividades e principais povoações, é do que trata esta palestra, que procura traçar um quadro daquilo que hoje se sabe com base na arqueologia mas também a partir das descrições literárias dos autores greco-latinos.» (João Pedro Bernardes)

João Pedro Bernardes é doutorado em Arqueologia pela Universidade de Coimbra. É professor associado com agregação da Universidade do Algarve onde leciona nos cursos de licenciatura de Património Cultural e Arqueologia e ainda em vários cursos de mestrado e doutoramento. Tem participado e liderado em vários projetos de investigação de âmbito nacional e internacional, versando sobretudo temas de Arqueologia romana. Efetuou vários trabalhos de campo e escavações arqueológicas, inclusive no território de Loulé. É o atual Diretor do Departamento de Artes e Humanidades da Universidade do Algarve.

A entrada é livre.

Bivar – Arte, Design e Cultura

bivar

Bivar – Arte, Design e Cultura, uma iniciativa que visa a criação de um circuito cultural na Rua Conselheiro Bivar, vai decorrer a 26 de outubro 2013, sábado a partir das 16 horas.

PROGRAMA

16H00 – INAUGURAÇÕES DAS EXPOSIÇÕES E EVENTOS SIMULTÂNEOS NA AND – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DESIGNERS
no PALÁCIO DO TENENTE
SARDINHA DE PAPEL

MERCADO DA TRAÇA

16H30 – PERFORMANCE- CALIGRAFFITI-CURSO DE DESIGN DE COMUNICAÇÃO-UALG-ESEC

18H00 – URBAN XPRESSION – DANÇA CONTEMPORÂNEA

18H30 – “AS ARTIMANHAS DE MÔDÉ-ALI” – TEATRO DE RUA PELO GRUPO TE-ATRITO
LOCAL: RUA CONSELHEIRO BIVAR

21H30 – FLASH MOB – GRUPO DE DANÇA DA ESCOLA TOMÁS CABREIRA

22H00 – “FENOID – LIVE ACT” – CONCERTO

23H00 – DJ RODDES – CONCERTO

Tráfico de Mulheres – Romper Silêncios

trafico mulheres

24 de Outubro 2013 às 21h30 | Teatro Lethes

O Movimento Democrático de Mulheres vem desenvolvido desde Setembro de 2011, o Projecto “Tráfico de Mulheres – Romper Silêncios”, com o objectivo de aprofundar o conhecimento do público.

Este movimento traz a tona a problemática do tráfico de seres humanos, sendo um crime que afecta milhões de pessoas em todo o mundo, reduzindo-as à condição de escravos em pleno século XXI. As mulheres e as crianças são as principais vítimas.

“Tráfico de Mulheres – Romper Silêncios”, termina com uma iniciativa que reúne muitas das entidades parceiras, artistas, amigos e amigas que o ajudaram a tomar forma e a Romper silêncios contra o Tráfico de Seres Humanos, no palco do Teatro Lethes em Faro
Um espectáculo aberto à comunidade, com entrada livre e para todas as idades.

Programa: Halloween 2013 no Sheraton

Pine Cliffs Resort - Halloween 2013

O Sheraton Algarve & Pine Cliffs Resort preparou um dia em cheio com muitas atividades entre amigos e em família, em 28 de outubro, a partir das 14 horas.

A criação de máscaras, pinturas e jogos, um Workshop de Experiências científicas e “fantasmagóricas”, passando por um Snack Temático e um jantar animado.

Programação:

14h00: Atividades no Porto Pirata (até aos 8 anos)

15h40: Workshop de Experiências (dos 3 aos 16 anos)

16h50: Snack Temático

18h00: Cocktail de Boas Vindas no Club House Pavillion, para toda a família

19h00: Jantar Buffet para toda a família, no Club House Pavillion, seguido de música com DJ